terça-feira, 4 de maio de 2010

Como tudo começou....

Tal como prometi aki vai...versão resumida, até porque muitas das coisas já estão espalhadas por este blog.

Tudo começou no verão de 2006, mais concretamente em Julho, quando me apareceram uns "caroços" no pescoço. Depois de alguns meses até se perceber de que se tratava, finalmente fiz uma biopsia em Janeiro que concluiu que se tratava de um linfoma de Hodgkin, de sub-tipo esclerose nodular.

Fui submetida a mais uns exames para verificar a extensão da coisa, nomeadamente tacs , mielogramas e biopsia óssea e chegaram à conclusão que estava no estádio II A.

Fiz 4 ciclos de quimioterapia, de protocolo Standford V, quando os livros dizem que se devem fazer 6 mais algumas sessões de Rádio, mas como entrei em remissão ao fim do primeiro ciclo, o médico que me assistia na altura achou suficiente.

10 meses depois voltei a ficar doente, mas desta vez a doença tinha "descido" e estava localizada na zona do mediastino (já expliquei em post antigos onde é) e pedi transferência para o IPO, sítio onde deveria ter ido desde o princípio.

Após mais uma data de exames para verem o ponto da situação iniciei 4 ciclos de ESAP ( quimioterapia, que antecede o transplante de medula).

Após 1º ciclo entrei novamente em remissão, o que me deixou muito confiante. No entanto entre o 3º e o 4º ciclo recaí novamente, e desta vez a doença estava espalhada por mais sítios, nomeadamente pelo esófago, clavícula direita e claro mediastino.,tendo sido posto em causa a realização do auto-transplante.

Depois de avaliações, foi decidido que o faria de qualquer forma e como iria fazer um transplante com as minhas células, logo não precisei de dador compatível.

3 meses após o transplante, concluíram que havia entrado novamente em remissão, mas ainda assim fiz 30 sessões de rádio terapia.

E basicamente é isto.

Flávio a mensagem que te queria transmitir é que ter cancro, não é como ter uma constipação, ou um braço partido. É, infelizmente algo muito mais complicado, mas que muitas vezes tem solução.

Não te posso dizer que no caso do teu familiar/amigo, vai correr tudo bem, mas é isso que espero sinceramente. naturalmente que a expansão da doença é importante, mas pode não ser grave. Há casos de pessoas, e uma delas até costuma passar por aqui, que estava em estádio IV e hoje está óptima.

Se já estou curada, não te sei dizer e quando falamos de doenças oncológicas, é raro podermos utilizar essa expressão. O que sei é que estou em remissão há 17 meses e assim espero continuar.

Quanto ao facto de estar há mais de 3 anos a lutar e ainda não ter resolvido o problema, prefiro ver as coisas por outro prisma. Estive muito doente, mas continuo viva e a lutar.

Se amanhã as coisas se apresentarem de outra forma, terei de analisar a situação e continuar a lutar.

Só gostaria de te deixar uma mensagem, ter pensamento positivo é 50% da cura e estar rodeado de pessoas positivas e alegres também ajuda bastante. Portanto, toca a ganhar forças para transmitir boas energias a essa pessoa tão especial que vai precisar.

Um beijinho grande.
Gigi

12 comentários:

Nela disse...

E e em remissão que vais continuar!
Jocos

Gatapininha disse...

Estar em remissão é o desejo de todos nós. Que continuemos assim por muitos e muitos anos.
jokas

Anónimo disse...

olá não é so para teres algo para ler , é vontade de te desejar tudo de bom , e beijinhos . Zizi

Lina Querubim disse...

Tou com a Nela :p beijinhos

Anónimo disse...

Márcia diz;

Lendo este resumo,tiro o chapeú para voce,Gigí,quem sempre admirei e encontrei mais forças."Tú és demais"...giraça!
beijinss

Susana Neves disse...

Olá Gigi,

subscrevo a tua mensagem. A luta é dura e o pensamento positivo é meio caminho andado. E esse pensamento tem de ser não só de quem está doente, mas também daqueles que o rodeiam.

Por mim falo, não há coisa pior que ver as pessoas com quem vou falando a lacrimejar e olhar para mim com ar de pena.

PS Acho que conheço essa pessoa do estadio IV :) , euzinha.

Beijinhos grandes

Alda disse...

Gigi e Susana, vocês são umas guerreiras, e vão sair vencedoras!
Em remissão vão continuar, e cá estamos para comemorar!!!
Beijinhos repenicados para as duas!

IsaLenca disse...

Junte uma linda cabecita (a parte de dentro da da Gigi, bem entendido), 50% de positivismo e muitas malucas à volta...(xi...e se neste grupo de Amigas do Peito e do Coração há doidivanas a dar com um pau)e prá frente é que é o caminho!

Bjs

Nela disse...

Uma linda cabecita (a parte de dentro da da Gigi, bem entendido), diz a Isalenca... Hehehehe... Claro! Porque a parte de fora deixa muito a desejar....

Anónimo disse...

Você deve ter mesmo um grande coração, é por isso que passa por cima desses problemas todos... Só nunca passa é cá pelo norte para eu lhe dar um grande abraço...

Isabel Vila

Pinxe disse...

Muito obrigado Gigi, muito mesmo, fico muito feliz por ti e desejo-te toda a sorte do mundo!

obrigado,

eu vou andando por aqui para ver as noticias xD

beijão

Silvia disse...

olá. È verdade 50% somos nós... e mais uma que esteve no estadio IV...
bjocas