sexta-feira, 3 de maio de 2013

4 caixas de antibiótico depois...



Já passaram 4 anos desde que fiz o bendito transplante de medula e é certo que o meu sistema imunitário tem vindo a melhorar todos os anos. Cada vez estou mais forte, apesar de ter ficado com algumas mazelas que julgo sinceramente já não irão desaparecer como por exemplo ganhei uma série de alergias que não faziam parte das minhas preocupações.

Por exemplo, não posso comer mirtilos, porque fico com pele de crocodilo, não posso mergulhar nem em piscinas, nem na praia, porque fiquei com alergias a águas  mas a alergia é só nos olhos ( fico com conjuntivite bastante agressiva), não posso banhar-me em praias que não tenham bandeira azul, pois corro o risco de ficar mesmo doentes (há 2 anos, foi borbulhas no corpo, infecção urinária e conjuntivite, só por ter tomado 2 banhos na praia da Pulvoreira, que apesar de não ter bandeira azul, estava com uma temperatura espectacular o que é raro, pois é uma praia mais a norte que a Nazaré).

Mas claro que comparado, com tudo o que já tive de passar, são coisas sem importância e até acho que é um preço justo, que aceito pagar, para poder estar viva e com alguma saúde.

Também a minha garganta e os meus brônquios ficaram assim pró fraquinho e qualquer corrente de ar, mudança de temperatura ou outra coisa qualquer que às vezes nem dou conta, originam umas complicações muito chatas.

Mas este ano, com a Primavera tardia, veio um amigdalite, que se transformou em faringite e que progrediu para infecção respiratória. Não foi a 1ª vez, mas deste vez foi em grande e forte, pois passadas 3 semanas ainda ando aqui com uma tosse que não me abandona.

A coisa foi tão grave que fui de urgência para o hospital com quase 40º de febre, temperatura que não tinha desde o período crítico do transplante, lá no aquário.

Finalmente, 4 caixas de antibiótico depois, mais um bronco-dilatador, uma caixa de anti-estamínicos, comecei a melhorar,( se souberem de uma farmácia que tenha cartões de clientes frequentes e que faça descontos, avisem) mas ainda não estou totalmente boa.

Tive de ficar uns dias em casa, sem trabalhar, o que poderia ser uma coisa boa, com o que tenho para estudar, deveria ter sido uma boa oportunidade, mas não. Com a moca dos medicamentos, não conseguia estudar nada e então aproveitei para alargar a minha cultura cinéfila, que há muito estava relegada para 2º plano. Acho que me desforrei.

E assim, e nas vésperas de começarem os exames do 2º semestre, vou mais o meu fofinho, uma semaninha de férias para recuperar energias.

Portem-se bem e até ao meu regresso.
Beijocas Gigi




4 comentários:

Zélia disse...

E fazem muito bem!
Beijinhos.

A Casa da Praia disse...

Este ano as constipações, gripes, viroses e afins estão mais fortes que nunca. Eu e as Pipocas também ficamos doentes, quase uma semana cada uma e fomo-nos mesmo abaixo. Muita gente se queixou do mesmo.

O importante é que o pior já passou e agora vais poder recuperar energias.

Boas férias!!!!

Muitos beijinhos

Cíntia Souza disse...

Gigi,

Melhoras pra vc querida!

Tudo de bom!

Bjos

Susana Neves disse...

Quechatice Gigi.

Espero que estejas melhor.

Uma beijoca grande