sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Decisões dificeis

Ao longo da nossa vida, vamos sendo confrontados com decisões.

O que comer ao pequeno almoço? Cereais ou chá?

Havemos de comprar a camisola em verde ou em laranja?

Coisas pequenas, sem importância, que supostamente nos vão ajudando e ensinando a decidir, para que estejamos aptos a tomar decisões maiores.

Por vezes somos confrontados com decisões mais importantes, se devemos ou não mudar de emprego, por exemplo.

Eu sei que nunca fui grande coisa a tomar decisões, arrasto sempre as situações até ao limite e podendo esquivar-me de as tomar, melhor.

Quem me conhece muito bem sabe que é assim. Mas se tiver que as tomar e uma vez tomadas, vou até ao fim, segura e firme.

Como era bom que tudo se resumisse à escolha da cor de uma camisola, em caso de dúvida trazemos as duas.

Já tive de tomar uma decisão difícil na minha vida, uma decisão que poderia fazer toda a diferença. Uma questão de vida. Fazer ou não o transplante de medula. Conhecidos os riscos de poder não sobreviver, tornou-se um dos momentos mais complicados da minha vida. Mas com aconselhamento médico e digamos que com alguma fé, apostei em fazer o tratamento.

As opções eram morrer da doença ou da cura, sendo que a cura tinha hipóteses de funcionar.

Dei um salto de fé e aparentemente funcionou.

Talvez, para quem seja religioso seja mais fácil. Mas eu não sou; espiritual talvez seja, racional.

Mas quando é a nossa vida que está em jogo, como devemos decidir? com a cabeça ou com o coração?

Tenho mais uma vez que tomar uma decisão de vida. Será que devo voltar a aceitar a sugestão médica?

Devemos prevenir ou arriscar?

Morrer da doença ou tentar a cura, mesmo quando esta apresenta tantas dúvidas? Será que vou ser bafejada novamente com a sorte?

Tenho de decidir...

Beijos
Gigi
indecisa

19 comentários:

Alda disse...

Querida Gigi, não sei ao certo em que ponto da situação estás, mas sei o quanto deve ser difícil para ti, teres que tomar mais uma decisão em relação à tua vida!
Que Deus te proteja e ilumine!
Estou contigo de alma e coração, e gosto muito de ti amiga!
Um grande beijinho

IsaLenca disse...

É sempre difícil e tu sabe-lo melhor que ninguém.
Próxima decisão: faz o que fizeste anteriormente- se for caso médico pede o conselho a ele, pergunta a ti própria e segue em frente.
Depois é ACREDITAR e...a nossa corrente de amigas virtual vem logo a seguir.
Força e ACREDITO que irás tomar a melhor decisão!
Bjs

Dinastia FilipiNHa disse...

Minha querida,

Não sei o que se passa, mas quero dizer que estou aqui para o que precisares.

Um beijinho enorme.

Gigi disse...

Peço desculpa se vos preocupei.

estava zangada quando escrevi isto.

A situação é que a médica me aconcelhou a fazer uma medicação que tem muitos efeitos marados, mas que eles acham i mportante eu tomar.

Agora estou com este pepino para resolver.

Tomar ou não.

Beijos

Nela disse...

Vai ficar tudo ok. Não se preocupem. A nossa menina tem sempre um anjo privativo ao lado dela.
Beijufas

Isa disse...

Bem, não sabia muito bem o que te dizer, mas depois li o comentario da Nela, e a Nela, tem sempre aquela palavra, firme e eu acredito. Portanto, decidas o que decidires vai de certeza ser para o teu bem. Nos estamos sempre aqui. um beijinho grande.

imel disse...

Amiga sei que não é facil chegar a uma conclusão, mas acreditando que tu tens um anjinho da sorte a zelar por ti, eu acredito, tu acreditas e nós acreditamos, seja qual for a tua decisão sabemos que vai tudo correr bem. Estamos aqui ao teu ladinho!

Uma beijoka grande

Reflexos disse...

Se depender de nós tudo vai correr bem, nós estamos a torcer por ti... vá lá, força.

A tua zanga realmente é legitima, pois não havia necessidade de mais provações, né?

Bjinhos

VandaR disse...

Olá Lígia
Eu também não sou religiosa, sou muito espiritual e não há melhor e mais certeirao conselheiro do que o coração. Se sentires até ao arripio que deves seguir determinado caminho, não dês ouvidos ao racional que nos contamina constantemente. Funciona mas tens de sentir na espinha, quase em lágrimas de euforia.
Espero que corra tudo bem, vai correr. Já deste provas que consegues o impossível e vais, concerteza, tomar as decisões certas.
Deixo um beijinho e votos de bom fim-de-semana.
Fazes anos no mesmo dia do Saramago, apesar de a data oficial do seu nascimento ser a 18 ele nasceu a 16.

Susana Neves disse...

Como te entendo.
Não sei bem o que dizer mas acho, acima de tudo, que deves confiar no teu médico. Cada caso é um caso.
Para além disso, já tens provas que o teu Anjo da Guarda privativo está aí, para o que der e vier.

Beijinhos

AnaBela disse...

ola Gigi,bom dia
como se costuma dizer a vida e um jogo e desistir e batota. Por isso para a frente e que e o caminho. Muita forca e vamos aproveitar a vida ... e vive la da melhor maneira
que DEUS te ajude a tomar a melhor decisão beijinhos

Lina Querubim disse...

Gigi é mesmo dificil fazer uma escolha quando nos falam em saúde. Sei que vais escolher a melhor opção assim como o fizeste do transplante de medula.
Eu assim como muitas meninas tomamos o Tamofixene e sabemos as consequências desse medicamento mas temos que o tomar. Assim como sabia do Herceptin e também o fiz.
Como sabes faltavam 2 tratamentos para fazer um ano e o meu coração ressentiu-se e perguntei ao Dr. se morria se fizesse mais 2 para completar o protocolo ele disse que não e eu começei a rir respondi-lhe então vamos fazer mais dois :) e supostamente eu não faria só uma ano mas sim um ano e três meses, ficámos pelo ano.
São decisões que temos mesmo que fazer!
Não sei quais os efeitos coleterais desse teu medicamento...mas sei que vais fazer o certo!

Beijokas

LM disse...

Cansada de efeitos marados, não?
Respira fundo. Zanga-te muito. E depois decide. Tudo correrá bem.

Lurdes.

Ricardo disse...

a minha opinião é: faz tudo o que tiver ao teu alcance para ultrapassares isso de uma vez. Nós estamos por cá, e queremos-te por perto, ainda que o perto actual seja mais longe que o desejável, mas isso vai com o tempo!
Beijinhos... vejo-vos este fim-de-semana?
A Carolina gostava de vos conhecer.

Carecaloira disse...

A decisão que tomares será a certa, é só acreditares.
Eu estou contigo, tudo vai correr bem.

BEIJINHOS

mari-lou disse...

Gigi,a vida é uma icógnita e uma luta constante a tua tem sido dura mas vais ver com toda a tua força e coragem e com a ajuda de Deus porque eu acredito, ele está só a dar-te um abanão tu vais vencer.

Beijinhos e força amiga.

May Alek disse...

Gigi, continuo aqui na torcida. Você certamente saberá qual a melhor decisão.
Um grande beijo e um ótimo domingo!

Célia Novais Rosado disse...

Oh querida, tens de ter muita força! Tu e todos os que estão à tua volta e vais com certeza encontrar a resposta certa às tuas questões...

Follow your heart!!!

Geninha disse...

Olá Gigi

Tenho um desafio para si no meu blog.

Beijinhos